Vigilância divulga alerta epidemiológico sobre Febre Amarela

0
201

O Brasil passa pelo maior surto de febre amarela de sua história recente. Confira cronograma de vacinação nos postos de saúde de São Marcos. Censo Vacinal ocorrerá no interior do município na segunda quinzena de agosto

O Brasil passa pelo maior surto de febre amarela de sua história recente. No período sazonal 2017/2018, foram confirmados 1.376 casos da doença, com 483 óbitos. Já no período de monitoramento 01/01/2019 a 04/06/2019, foram notificados 1.281 casos suspeitos, dos quais 82 foram confirmados (68 no estado de São Paulo, 13 no Paraná e 01 em Santa Catarina), com 14 óbitos (17,1%), 913 casos foram descartados e 286 ainda continuam em investigação.

Diante deste cenário, várias medidas estão sendo adotadas pela Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul, como o reforço das ações de vigilância de epizootias e de vigilância epidemiológica/imunizações, como a ampliação da Área Com Recomendação de Vacinação (ACRV), para todo o território do estado, incluindo os 34 municípios que até então não faziam parte da área de vacinação.

Deve-se reforçar que as áreas rurais do Rio Grande do Sul sabidamente estão sob o maior risco da doença. Assim, a partir da segunda quinzena de agosto/ 2019 será realizado Censo Vacinal em todas as comunidades do interior de São Marcos a fim de verificar a situação vacinal dos moradores das comunidades e, se necessário, atualizar a vacinação de quem ainda não recebeu a vacina da Febre Amarela.Para isso, é fundamental que as habitantes das comunidades tenham em mãos A CARTEIRA DE VACINAÇÃO documento com foto e, se possível, cartão SUS.

Essa medida considera a necessidade de antecipação ao período sazonal da febre amarela, o maior risco da ocorrência de casos de febre amarela humana nas áreas rurais e a realização da estratégia de vacinação divulgada

pelo Ministério da Saúde, que tem como objetivo elevar as coberturas vacinais da população gaúcha.

Para o sucesso da estratégia, solicitamos apoio de toda a comunidade de São Marcos visto que esta ação é imprescindível à saúde da população. A Febre Amarela é uma doença grave, com altas taxas de letalidade, mas que pode ser prevenida pela vacinação.

Sobre a Vacina da Febre Amarela

– Indicado para todas as pessoas de 9 meses a 59 anos 11 meses e 29 dias.

– Considerar vacinada a pessoa que comprovar uma dose de vacina. Não é necessário fazer reforço dessa vacina.

NÃO DEVEM SE VACINAR:

– Pessoas alérgicas a ovo;

– Mulheres em qualquer fase da gestação;

– Mulheres amamentando bebês com idade abaixo de 9 meses;

– Pacientes em tratamento com radioterapia/quimioterapia;

– Pacientes com doenças autoimunes, portadores de doenças hepáticas, renais, hematológicas, neoplásicas.

Observação: A vacinação de pessoas com mais de 60 anos de idade, gestantes e mulheres que estejam amamentando crianças menores de 06 meses deve ocorrer em situações especiais – como emergência epidemiológica, vigência de surtos, epidemias ou viagem para área de risco, mediante a avaliação de risco/benefício, feita por um médico.

– Em mulheres que estejam amamentando, pode-se considerar a suspensão do aleitamento materno por 10 dias.

– Vacinação de viajantes para países com exigência de vacinação: vacinar, de acordo com as normas do Programa Nacional de Imunizações, pelo menos 10 dias antes da viagem.

– Quem transmite a Febre Amarela é o mosquito. Macacos são nossos aliados. Eles funcionam como bioindicadores que possibilitam identificar as áreas de risco para a Febre Amarela.

– Ao encontrar um macaco doente e/ou morto, acionar a Vigilância Ambiental pelo fone 54 32916428 para que seja avaliada a possibilidade de coletar e enviar material para análise de Febre Amarela;

Todas as unidades de Saúde de São Marcos disponibilizam e aplicam a vacina da Febre Amarela de forma gratuita.

Confira os locais horários das salas de vacinas para a aplicação da vacina contra a Febre Amarela e lembre-se de levar o cartão de vacinação.

Terça-feira

ESF São José

  • 8h-11h
  • 13:30h-19h

ESF Nicoletti

  • 8h-11h
  • 14-15:30h
  • 17:30h-19h

Quarta-feira

ESF Eneo Doncatto

  • 7:30h-11h
  • 13:30h-15:30h
  • 17:30h-19h

Quinta-feira

Centro Municipal de Saúde Nossa Senhora de Lourdes

  • 8h-11:30h
  • 13:30h-19h

Unidade de Saúde Pedras Brancas

  • 7:45h-11:45h
  • 12:45h 16:20h

Em caso de dúvidas, entre em contato com a Vigilância em Saúde do município pelo telefone (54) 3291-6428 ou direto na sala da repartição de Vigilância em Saúde sala 37, segundo andar da Secretaria Municipal de Saúde.

Deixe uma resposta

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui