“Som alto e manobras perigosas já são rotina insuportável”

0
1364
Imagens enviadas ao SMO por leitores

Moradores próximos do Loteamento Ecoville enviaram vídeos ao São Marcos Online. BM promete ações

Na manhã deste sábado, dia 8 de fevereiro, moradores de condomínio próximo do Loteamento Ecoville, localizado entre o centro e o bairro Industrial, enviaram relatos e imagens relacionados à perturbação de sossego, que configura crime. O loteamento novo e ainda desabitado é ponto de encontro de jovens em busca de diversão.

“Quinta, sexta e sábado, foi impossível dormir! Com criança então. Falamos com a polícia e disseram que tem pouco contingente e não tem o que fazer. Fora o ‘tunk tunk’ que vai até umas 5h da manhã. Começa às 23h e por aí vai”, relatou uma moradora ao SMO.

A reportagem fez contato com a Brigada Militar na manhã de hoje, que informou não ter havido registros por perturbação durante as últimas horas. Em contato com o 36º BPM (Batalhão de Polícia Militar), o major Juliano Amaral reforçou as ações do batalhão, a exemplo da última noite em Farroupilha, onde uma pessoa foi presa por embriaguez ao volante durante Operação Fecha Quartel – Sossego Público. Conforme o major, ações como essa serão realizadas também em São Marcos.

Perturbar o sossego alheio (mediante gritaria, algazarra, abuso de instrumentos musicais, sinais acústicos, dentre outras situações) é crime, nos moldes do artigo 42 do Decreto-Lei Nº 3.688/41, passível de prisão simples, de 15 (quinze) dias a 3 (três) meses, ou multa.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here