Sargento Seyffert, dos Bombeiros de São Marcos entra para a reserva

0
963
Após 11 anos como bombeiro, Seyffert se despede. Fotos: arquivo pessoal

No último dia 19, o 1° sargento Cesar Olindo da Silva Seyffert encerrou oficialmente as atividades na corporação

O sargento Seyffert, como é conhecido, tem 53 anos de de idade e seu começo da carreira militar foi em Pelotas, onde atuou por 6 anos no Exército Brasileiro. Prestou concurso para a Brigada Militar e iniciou o curso de soldado na cidade de Rio Grande alcançando o primeiro lugar.

Permaneceu na cidade por 2 anos trabalhando como soldado e cabo, posteriormente foi para Pelotas permanecendo por 17 anos. Em 1999 frequentou o primeiro curso CTSP do estado, alcançando a quinta colocação se tornando sargento.

Nos últimos 11 anos, Seyffert atuou no Corpo de Bombeiros de São Marcos, cidade na qual firmou residência e hoje vive com sua família. O sargento foi o primeiro comandante, mesmo que de forma interina, da corporação no município, fundado em 2007. Ele ficou no comando até 2008 quando o sargento Rosalino Tormen assumiu oficialmente (foto). Também atuou no comando por 11 meses, entre 2016 e 2017 na troca entre Tromen e o atual comandante, Alexandre Machado.

Posse como comandante Tormen na inauguração oficial da corporação em São Marcos no ano de 2007

O Comando dos Bombeiros Militares do Rio Grande do Sul, através do efetivo local, agradece ao sargento pelos serviços prestados à instituição e a comunidade ao longo dos anos, agradecendo ainda aos familiares pela compreensão da sua ausência e deseja ainda que o militar tenha agora um merecido descanso.

Ao São Marcos Online, Seyffert explicou como rumou para a carreira militar.

“Meu pai era sargento do policiamento e eu aprendi a gostar da vida militar e depois me identifiquei muito com o trabalho de bombeiro, de poder servir e ajudar as pessoas”, esclareceu.

O sargento ainda agradeceu à reportagem e à imprensa local pela parceria neste período em que atuou na corporação são-marquenses.

Tradicional banho de mangueira marcou despedida em frente ao quartel com apoio de colegas de plantão.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here