Setembro Amarelo: Valorização da Vida

0
128

O mês de setembro foi escolhido para conscientizar a população para a prevenção do suicídio e a preservação da vida

O ideal é promover a saúde através da valorização da vida para evitarmos estes índices alarmantes de suicídio que atualmente se encontra.

Por que alguns adolescentes que vivenciam situações de traumas, medo e de violência reagem construindo caminhos positivos enquanto outros passam por iguais situações e encontram mais dificuldades em superá-las, se entregando mais facilmente aos problemas?

Esta habilidade de lidar com as adversidades e recuperar-se dos problemas conseguindo com seus recursos internos e externos gerar competências que lhe permitam resolver determinada situação de forma saudável se chama RESILIÊNCIA.

A resiliência não é uma habilidade que nasce com o sujeito, mas sim nasce da relação da pessoa com o meio em ela vive e que a fortalece para superar as dificuldades vividas. Resiliência é uma característica que pode ser amplamente desenvolvida.

A resiliência nos ajuda a superar as dificuldades o que não significa escapar sem marcas das situações difíceis, mas possuir um olhar positivo sobre a adversidade, resistindo à pressão das situações adversas, encontrando soluções estratégicas para enfrentar e não desistir.

Fatores que favorecem a resiliência:

*Relacionamentos significativos: Círculos sociais com vínculos fortes geram rede de proteção e mais sentido a existência.

*Atração pela vida: aproveitar às oportunidades, acreditar em si, ter otimismo, desejo de vivenciar momentos bons e vivê-los com entusiasmo e possuir estratégias para libertar a tensão.

*Autoconhecimento: Autoestima elevada, confiança em si, força de vontade, flexibilidade para se adaptar a diferentes situações, coragem de correr riscos, persistência, busca pelo positivo e não ênfase no negativo, aprimoramento dos pontos fracos, não aceitando o papel de vítima.

*Virtudes: espiritualidade, humanidade, justiça e transcendência.

Que este mês seja apenas o ponto de partida para a busca de uma vida mais plena, mais resiliente. Pensamentos e sentimentos de querer acabar com a própria vida podem ser insuportáveis e pode ser muito difícil saber o que fazer e como superar esses sentimentos, mas existe ajuda disponível. Com a ajuda profissional adequada e necessária é possível descobrir formas de lidar com está dor. E com as ferramentas certas de gestão da emoção, você pode reeditar seus traumas do passado, construir o futuro e conquistar uma vida saudável. E o psicólogo pode estar te ajudando a promover a saúde mental e o equilíbrio emocional

Ser gestor da mente humana é saber gerenciar os pensamentos.

Os pensamentos são os trilhos das emoções. Só você pode construir esse caminho e se tornar o protagonista da sua própria história.

Augusto Cury

Deixe uma resposta

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui