São Marcos terá nova empresa de coleta de lixo a partir de setembro

0
4611
Nelar irá prestar o serviço por mais uma semana. Foto: Angelo Batecini - arquivo da prefeitura de São Marcos.

A Nelar, empresa que presta o serviço na cidade perdeu a última licitação para empresa de Vila Maria. A Eco Verde inicia os trabalhos no próximo dia 1º. Confira entrevistas e detalhes do contrato na reportagem.

A prefeitura de São Marcos, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, efetuou contratação de empresa para coleta de resíduos sólidos urbanos (orgânicos e recicláveis), transporte, triagem de resíduos recicláveis e operação da estação de transbordo de resíduos na zona urbana e rural do município.

A contratação se deu através de processo licitatório, do tipo concorrência, realizado em 14 de agosto na sala de licitações da prefeitura. As participantes, Nelar Coleta e Transporte de Lixo, de São Marcos e a Eco Verde, empresa com sede no município gaúcho de Vila Maria, devidamente representadas, disputaram pelo menor preço.

A Eco Verde apresentou a melhor proposta vencendo a licitação, e deverá iniciar a prestação de serviços aos são-marquense a partir de 1º de setembro. Conforme o Secretário Municipal de Meio Ambiente, a empresa atende todos os requisitos e o valor apresentado ainda irá gerar economia de R$ 360 mil por ano.

O contrato é para 12 meses ao custo total de R$ 1.198.886,16, sendo R$ 99.907,18 por mês, podendo ser renovado por até 4 anos sem nova licitação. O antigo contrato, com a Nelar, era de R$ 130 mil por mês, sendo que a proposta apresentada pela empresa nesta licitação chegou aos R$ 119 mil.

“É importante destacar que ambas as empresas cumpriram todos os requisitos necessários e estariam aptas a prestar os serviços, o fator determinante nesta modalidade de licitação é o menor preço” explica Fabiano Varela.

A empresa deverá se instalar na cidade nos próximos dias. A Eco Verde também atende outros 20 municípios no Estado. “Conforme a direção da empresa, será implantada coleta mecanizada em São Marcos, mas a prioridade para contratação será para antigos funcionários da Nelar, caso a empresa precise demitir” revelou o secretário.

O proprietário da Nelar, que durante 9 anos prestou os serviços de coleta em São Marcos, Adelar José dos Santos, disse ao São Marcos Online na tarde desta segunda-feira que, inicialmente irá demitir os 20 funcionários contratados. Ele revela que a empresa deverá se manter no ramo e buscar espaço em outras localidades, participando de licitações em outros municípios.

“Lamentamos pelas famílias que irão deixar de ser assistidas pela nossa empresa, são 20 pessoas que irão perder seus empregos, mas entendemos como funciona o processo de contratação, porém não podemos operar com menor preço sem ser lesados, toda mão de obra boa tem seu valor” disse Adelar.

Ele ainda argumentou dizendo que o município poderá perder em longo prazo ao invés de vez de economizar, pois desde a manutenção dos caminhões até os impostos, giravam em São Marcos.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here