PRF divulga balanço operacional do primeiro trimestre no RS

0
504
Foto: divulgação

Houve redução de 13% no número de mortes e apreensão de 4 toneladas de maconha, mais que o dobro do ano passado

No ano de 2019, a Polícia Rodoviária Federal direcionou a fiscalização aos pontos críticos para acidentes graves e mortes nas rodovias federais e ao combate ao tráfico de drogas. O foco das ações de fiscalização foi prioritariamente o combate ao excesso de velocidade, às ultrapassagens proibidas, à embriaguez ao volante e ao tráfico de drogas.

Neste primeiro trimestre, mais de 161 mil veículos foram abordados e fiscalizados, e 164 mil pessoas fiscalizadas. Foram realizados 45 mil testes de etilômetro. No comparativo com o ano anterior, o número de condutores flagrados dirigindo sob efeito de álcool aumentou, totalizando 1206 autuados por recusa ou constatação em comparação a 1121 registrados em 2018.

O controle do excesso de velocidade registrou 1.661 horas de operação de radar nesse ano, registrando mais de 48 mil veículos flagrados nas rodovias federais do RS. O radar fotográfico é empregado nos trechos críticos para acidentes graves associados à velocidade excessiva.

A fiscalização direcionada às principais causas de acidentes graves registrou esse ano mais de 92 mil autos de infração, respondendo o excesso de velocidade por quase metade dessa cifra. Foram registradas mais de 5 mil infrações por ultrapassagem em local proibido. Por irregularidades diversas, 2.656 veículos foram retirados de circulação no período.

O maior rigor na fiscalização de trânsito resultou em redução no número de acidentes. Nos primeiros três meses de 2019 foram registrados 1128 acidentes, com 81 óbitos (redução de 13%), em comparação ao mesmo período de 2018, em que foram atendidos 1482 acidentes, com 93 óbitos.

No combate à criminalidade no estado, nesse início de ano já foram presas mais de 865 pessoas e retiradas de circulação quase 4 toneladas de maconha (mais do que o dobro do mesmo período do ano anterior). Houve aumento de mais de 10% no número de veículos recuperados, totalizando 117 nos primeiros 100 dias desse ano.

O superintendente Luis Carlos Reischak Júnior salienta que a PRF permanece empenhada em desempenhar seu papel, que é o de garantir segurança nas rodovias federais.


Deixe uma resposta

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui