Poder Público e órgãos de segurança estão mobilizados contra o crime

0
1627
Encontro aconteceu após operação nesta terça (28). Foto: prefeitura de São Marcos - divulgação.

Reunião entre Ministério Público, Administração Municipal, Brigada Militar e Polícia Civil foi pautada por medidas imediatas contra a criminalidade.

Após operação policial liderada pelo Major Juliano Amaral, comandante do 36 BPM (Batalhão de Polícia Militar), com sede em Farroupilha, realizada nesta terça (28), e que resultou em prisão de dois elementos e apreensão de porção de crack e dinheiro, lideranças se reuniram no gabinete do prefeito Evandro Kuwer.
Além do prefeito e do chefe do comando regional da BM, também participaram da reunião o delegado local de Polícia Civil Edinei Albarelo, o promotor municipal Evandro Kaltback e o tenente Mello, comandante local da Brigada.

“Fizemos uma reunião de trabalho para definirmos algumas ações imediatas em relação aos crimes de homicídios envolvendo o trafico de drogas” justificou o Major Juliano, após ação em São Marcos. Na operação foi utilizado efetivo de 22 policiais com apoio de um helicóptero da BM.

“Sugerimos a realização de uma grande audiência publica com as forças vivas do município, comunidade e órgãos de segurança” revelou o Major. Ele diz que a comunidade deve confiar em suas policias e repassarem informações. “Também é preciso a realização de uma grande campanha de conscientização sobre o uso de drogas, chamando a atenção da comunidade, pois se tem comercio é porquê tem consumo” salienta Juliano Amaral.

“São as autoridades constituídas preocupadas e empenhadas nesta importante luta contra o crime” finaliza.

Outros assuntos pautados no encontro e que geram impactos na redução e repressão a criminalidade em São Marcos giram em torno de possível convênio para pagamento de horas extras aos policiais, para com isso dobrar a presença física dos policiais militares nas ruas.

Recursos para o Consepro para aquisição de armamentos, cercamento eletrônico integrado a sistema de monitoramento da cidade 24h também foram discutidos pelas autoridades nesta terça-feira.
Cabe destacar que também nesta semana, a Câmara de Vereadores de São Marcos aprovou a criação de uma comissão especial de segurança pública, a fim de mobilizar a sociedade.

O alto índice mortes violentas tem deixado a população são-marquense aterrorizada. Desde o inicio do ano são 12 homicídios registrados até o momento, e conforme a polícia a maioria tem ligação com o tráfico de drogas e a disputa por pontos de venda de entorpecentes na cidade.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here