Pelo segundo ano consecutivo, UCS é a universidade mais inovadora do Brasil

0
106
FOTO - campus-sede da UCS | Aldo Toniazzo/acervo UCS

Classificação, entre as comunitárias e privadas, foi obtida no Ranking Universitário Folha, que também aponta a instituição como a 6ª melhor do país no segmento e entre as dez melhores em ‘Pesquisa’ e ‘Ensino’

Pelo segundo ano consecutivo, a Universidade de Caxias do Sul conquistou a condição de Universidade mais inovadora do Brasil entre as instituições comunitárias e privadas, conforme o Ranking Universitário Folha. A avaliação, uma das mais importantes do país sobre o Ensino Superior, foi divulgada nesta segunda, 7 de outubro, levando em conta, a exemplo das edições anteriores, cinco critérios com pesos distintos para a formulação da nota geral (veja tabela): Pesquisa Científica, Qualidade do Ensino, Mercado de Trabalho, Inovação e Internacionalização.

Além do 1º lugar nacional em ‘Inovação’, a UCS manteve posições de destaque obtidas nos últimos levantamentos, como o 6º lugar nacional no critério, conquistado ainda no ano passado, entre todas as 197 instituições analisadas, o que inclui as públicas (federais e estaduais)

Considerando-se apenas o segmento das 92 instituições comunitárias e privadas pesquisadas, a UCS também repetiu o 6º lugar nacional na classificação geral, pelo quarto ano seguido, e a presença entre as dez melhores do país nos itens ‘Pesquisa Científica’ e ‘Ensino’.

Em nível estadual, a UCS também, pelo segundo ano seguido, ficou em 1º lugar em ‘Inovação’ entre todas as instituições, a frente, portanto, das públicas. Na classificação geral, obteve a 6ª colocação. Entre as comunitárias e privadas, é a 3ª no geral, em ‘Ensino’ e ‘Mercado’.

COMO FUNCIONA

Criado em 2012, o Ranking Universitário é elaborado anualmente pelo jornal Folha de S.Paulo, classificando as universidades públicas (federais e estaduais) e as comunitárias ou privadas de todo o país a partir de uma nota geral, composta a partir das notas de cada um de seus cinco critérios. Por conseguinte, cada item tem sua própria classificação:

* Pesquisa Científica (42% da nota geral):avalia a excelência da pesquisa científica realizada pelas universidades em nove aspectos – total de publicações, total de citações, citações por publicação, publicações por docente, citações por docente, publicações em revistas nacionais, recursos recebidos pela instituição, professores bolsistas CNPq e teses defendidas por docente.

* Qualidade do Ensino (32% da nota geral): considera quatro componentes – opinião de docentes do ensino superior, percentual de professores com doutorado ou mestrado; proporção de professores em dedicação parcial ou integral; e desempenho do aluno calculado com base na nota do Enade – além de pesquisa Datafolha com mais de 2,1 mil docentes qualificados como avaliadores do MEC.

* Mercado de Trabalho (18% da nota geral): baseado em 6 mil entrevistas realizadas pelo Datafolha em 2017, 2018 e 2019 para obter a opinião de empregadores sobre preferências de contratação.

* Inovação (4% da nota geral): contabiliza o número de patentes pedidas pela universidade e quantidade de estudos realizados em parceria com o setor produtivo.

* Internacionalização (4% da nota geral): refere à média de citações internacionais recebidas pelos trabalhos dos docentes e ao percentual de publicações em parceria com pesquisadores estrangeiros no total de artigos acadêmicos publicados nos anos recentes.

Destaques da UCS no RUF:

Entre as 92 comunitárias e privadas

Brasil

  • 6º lugar geral
  • 1ª em Inovação
  • 8ª em Pesquisa
  • 9ª em Ensino

Rio Grande do Sul

  • 3º lugar geral
  • 1ª em Inovação
  • 3ª em Ensino
  • 3ª em Mercado

Entre as 197 universidades (incluindo públicas, federais e estaduais)

Brasil

6º lugar em Inovação

Rio Grande do Sul

  • 6º lugar geral
  • 1ª em Inovação
  • 4ª em Mercado


FOTO – campus-sede da UCS
CRÉD – Aldo Toniazzo/acervo UCS

Deixe uma resposta

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui