Moradores do São José pedem alteração em linha do transporte urbano

0
2124
Foto: São Marcos Online

Usuários dos serviços da Vismar querem que ônibus suba no bairro São José. Empresa alerta para riscos de acidentes no percurso. Prefeitura estuda viabilidade

Na última semana moradores do bairro São José informaram ao São Marcos Online sobre encontro com o prefeito Evandro Kuwer, em que solicitaram alteração em uma das linhas do transporte público municipal, executado pela empresa Vismar.

A linha em questão parte das garagens da empresa, na mesma região, às margens da Rodovia Padre Pedro Rizzon (VRS 315) e passa pelos loteamentos Vida Nova e Colina Sorriso, pertencentes ao bairro São José. Neste, o ônibus faz duas paradas na via principal, mas não acessa o bairro.

Os moradores alegam que há crianças, idosos e portadores de necessidades especiais que dependem do serviço, mas que tem que descer e subir o morro até as paradas.

“Há tempos reivindicamos isso e está cada dia mais difícil, pois temos crianças e pessoas de idade que dependem do ônibus e não custaria passar por dentro do bairro” diz Camila Moraes, moradora da parte alta do São José. Há pelo menos 3 anos que moradores lutam pela melhoria.

Em contato com a empresa de transportes urbano, o São Marcos apurou que realmente há falta de segura no percurso solicitado pelos moradores. O local é íngreme e devido ao comprimento dos veículo não oferece condições de manobrar.

“Se não houver condições de trafegabilidade oferecendo segurança aos passageiros não podemos transportar” enfatizou o gerente da Vismar, Leandro Ferreira à reportagem.

“Sabemos da demanda e nos reunimos com a prefeitura sobre isso, houve até uma audiência pública sobre isso em outra ocasião, mas o fato esbarra nas questões de segurança” reforça.

Leandro fez questão de fazer o percurso com a equipe de reportagem. De fato, as condições de tráfego para um veículo de 11 metros é precária. Se trata de um morro e as esquinas não oferecem espaço para que o condutor faça manobras com segurança, conforme constatado.

Em contato com o prefeito Evandro Kuwer, ele informou que sua equipe estuda alternativas e que irá se reunir em breve com a empresa. Na última semana um grupo de moradores do São José esteve no gabinete do prefeito pedido providências.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here