Mais de 33 milhões de pessoas foram vacinadas contra a gripe no país

0
167
Fotos: Dia D de Vacinação em São Marcos. Créditos: Paola Paim Vedovelli

Em São Marcos foram imunizadas 4.864 até o momento, 68,66% da meta estipulada, que é 90% de cobertura vacinal entre os grupos prioritários. A campanha segue até o dia 31 de maio.

Mais de 33 milhões de pessoas foram vacinadas contra a gripe no país. O número corresponde a 56% do público-alvo definido pelo Ministério da Saúde para a campanha nacional de imunização contra a gripe deste ano. Os dados atualizados foram divulgados pelo Ministério da Saúde neste dia 15.

O governo federal estabeleceu como meta vacinar 59,5 milhões de pessoas com a campanha. Os chamados “grupos prioritários” abrangem idosos (a partir de 60 anos), crianças de até seis anos, gestantes, professores, trabalhadores da saúde, pessoas com doenças crônicas e população privada de liberdade. A faixa etária do público infantil foi ampliada de até cinco anos para até seis anos.

Os estados com maior cobertura até o momento são Amazonas (88,8%), Amapá (83,8%), Espírito Santo (69,4%), Alagoas (66,1%) e Rondônia (66%). A menor cobertura foi detectada nos estados do Rio de Janeiro (38,3%), do Acre (45%), de São Paulo (48,8%), do Pará (50%) e de Roraima (51,8%).

Em São Marcos, conforme dados atualizados pela Vigilância em Saúde, até ontem, quinta-feira, dia 16, o total de pessoas vacinadas era de 4.864, que representa 68,66% da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde, que é de 90% dentre os grupos de risco.

Crianças e portadores de doenças crônicas continuam com baixa adesão à campanha. Até o momento foram imunizadas 795, 63,65% das crianças e 1.140 portadores, cerca de 50%. Entre os trabalhadores da área da saúde foram vacinados 404, 82,96%, gestantes foram 129, 75,88%, puérperas foram 25, 89,29%. Dos idosos já foram 2.146, 80,10% e entre professores foram vacinados 194, representando 93,27%.

Com informações da Agência Brasil e Vigilância em Saúde de São Marcos

Deixe uma resposta

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui