Influenza: Campanha reforça atendimento aos grupos prioritários

0
603

Hoje, em São Marcos, os postos dos bairros São José e Industrial atendem também a noite, das 18h às 19h. Confira cronograma local na matéria

A estratégia de vacinação contra a influenza tem o propósito de reduzir internações, complicações e mortes na população alvo para a vacinação no Brasil.

A influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar ao agravamento e ao óbito, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção (crianças menores de 5 anos de idade, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais).

Em 2019, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza acontece no período de 10 de abril a 31 de maio, sendo 4 de maio, o dia D de mobilização nacional.

Cronograma de vacinação em São Marcos

  • ESF São José: 8h às 11h e 14h às 17h / Nas 3ª feiras: 18h às 19h
  • ESF Nicoletti: 8h às 11h e 14h às 17h / Nas 3ª feiras: 18h às 19h
  • ESF Doncatto: 8h às 11h e 14h às 17h / Nas 4ª feiras: 18h às 19h
  • Pedras Brancas: 8h às 11:45h e 12:45h às 16:30h
  • Centro Municipal de Saúde: 8:30h às 12h e 13:30h às 17:30h / Nas 5ª feiras: até as 19:30h.

Nesta campanha, além de indivíduos com 60 anos ou mais de idade, estão sendo vacinadas as crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), as gestantes, as puérperas (até 45 dias após o parto), os trabalhadores da saúde, os professores das escolas públicas e privadas, os povos indígenas, os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, os adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas, a população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional. O público alvo, portanto, representará aproximadamente 59,1 milhões de pessoas. A meta é vacinar, pelo menos, 90% dos grupos elegíveis para a vacinação. Visando ampliar o acesso à vacinação dos grupos mais vulneráveis, neste ano as crianças menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias) também serão vacinadas, até o ano de 2018 a vacina estava disponível para as crianças menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias).

Nesta campanha, oportunamente, também serão disponibilizadas as demais vacinas do Calendário Nacional de Vacinação para atualização da Caderneta de Vacinação da criança e da gestante, esta ação busca o resgate e vacinação de não vacinados, por considerar o risco para as doenças imunopreveníveis, além das baixas coberturas vacinais neste público.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here