Fiscalização apreende mais de 200 kg de alimentos e notifica 6 estabelecimentos em São Marcos

0
5119
Estabelecimentos notificados perderam o selo do Açougue Seguro. Fotos: Vigilância Sanitária / cedidas ao SMO

Cerca de 60% do volume são carnes ou derivados de origem animal. Produtos estavam com prazo de validade vencido ou problemas documentais

Na última semana, às vésperas das festas de final de ano, uma força tarefa envolvendo profissionais da Vigilância Sanitária, fiscais tributários e da Secretaria Municipal da Agricultura realizaram a apreensão de produtos considerados de risco para a saúde pública e notificaram 6, de 7 estabelecimentos vistoriados.

Ao todo, foram coletados e inutilizados 229 kg de alimento, sendo 60% do volume de carnes e o restante de derivados de origem animal como embutidos e frios, entre salames e queijos, por exemplo. A ação foi realizada nos dias 23, 26 e 27 de dezembro, tendo em vista o aumento do consumo deste produtos e também as elevadas temperaturas.

O principal fator que desencadeou a apreensão está relacionado aos prazos de validades dos produtos, todos vencidos, e a incompatibilidades documentais relacionadas a origem, conforme explica Alexandre Müller Ribeiro, fiscal sanitário da prefeitura de São Marcos.

Ele informa que durante o ano são realizadas ações preventivas e de fiscalização e que se comparada com outras regiões do Estado, a Serra tem baixo volume de produtos em apreensões, o que pode ser considerado positivo.

“É uma pequena porção se comparada com outras regiões, na maioria dos casos, os produtos estavam com prazo vencido, e mesmo que seja pouco tempo não tem como fazer a concessão ao estabelecimento”, reforça Müller.

Ele aponta ainda que não foram encontrados indícios de produtos estragados, com evidências ou aspectos desagradáveis ou sem procedência, podendo ser fruto de abigeato. “As carnes não estavam estragadas, mas conforme protocolo a ser seguido, para assegurar a saúde pública, devemos autuar e recolher os produtos”, afirma.

Os 6 estabelecimentos onde foram encontradas irregularidades foram autuados e foram abertos processos administrativos que irão apontar a pena, que pode variar de mera advertência, multa ou até o fechamento temporário do estabelecimento, dependendo da gravidade do caso. Conforme os registros, 2 estabelecimentos possuíam o selo do programa municipal Açougue Seguro. Automaticamente, mediante autuação eles perderam o selo. Apenas um estava totalmente de acordo com as normas estabelecidas pela legislação.

O Açougue Seguro foi implantado de forma pioneira em São Marcos e serve de modelo em outras cidades. As políticas municipais de segurança alimentar foram intensificadas e aprimoradas após o município ter sofrido com surto de toxoplasmose, ocorrido em 2015.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here