Fato ou fake? Álcool em gel pode causar incêndio dentro do carro?

0
825

Conforme estudos realizados no Distrito Federal, quando submetido a uma temperatura de 200°C tanto o álcool em gel quanto o liquido evaporou sem se inflamar

Os cuidados contra o coronavírus fizeram com que, ao sair de casa, as pessoas carregassem mais que o kit básico carteira/chave/celular. Agora, é preciso somar a isso pelo menos máscaras para proteger o rosto e um recipiente contendo álcool para desinfetar aos mãos. E por este último ser inflamável, circularam pelas redes sociais alguns relatos de que a substância teria dado início a incêndio dentro de um veículo.

Diante da repercussão dos incêndios em veículos, supostamente, causados por álcool em gel deixados em seu interior, o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal, por meio da Diretoria de Investigação de Incêndio, realizou uma série de ensaios, em maio desse ano, submetendo o álcool 70%, tanto na forma líquida quanto em gel, a uma temperatura de 200 graus Celsius, com intuito de observar se atingiria ponto de auto-ignição. Como já era esperado, o álcool evaporou sem se inflamar, contrariando o que estava sendo veiculado em redes sociais.

Pensando em tranquilizar a população o Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul, através do Pelotão de São Marcos, vem divulgar os resultados desta pesquisa em relação a utilização de pequenos frascos para higienização das mãos no interior dos veículos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here