Falta vacina pentavalente em todo o País por reprovação em testes de qualidade

0
425
Imagem ilustrativa

São Marcos possui lista de espera para a vacina, que deve ser aplicada aos 2, 4 e 6 meses de vida da criança

A vacina pentavalente, que protege crianças de cinco doenças bacterianas – meningite, tétano , difteria, coqueluche e hepatite B – está em falta em postos de saúde de todo o País. O repasse é realizado periodicamente pelo Ministério da Saúde (MS) e sofreu uma interrupção. O motivo, segundo o MS, seria a reprovação da vacina em testes.

Conforme a coordenadora da Vigilância em Saúde do município, Bruna Gonçalves, ao São Marcos Online, o município possui uma lista de espera para a vacina, que deve ser aplicada aos 2, 4 e 6 meses de vida da criança. Assim que novas remessas chegarem, a secretaria de saúde fará contato com os pais para realizar a aplicação.

Segundo o ministério, o país demanda normalmente 800 mil doses mensais dessa vacina. O abastecimento está parcialmente interrompido desde julho, situação comunicada aos estados e municípios. “Por se tratar de um imunobiológico, diferentemente dos medicamentos sintéticos, a vacina não tem disponibilidade imediata. Portanto, embora haja recursos para aquisição, o recebimento efetivo pelo Brasil depende do processo de fabricação e testagem”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here