Enem 2019 teve o menor número de abstenções

0
317

Mais de 3,9 milhões de inscritos fizeram a prova ontem; segundo dia do exame será no domingo, 10. Em São Marcos, conforme coordenação, tudo transcorreu com normalidade

O Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgaram na noite deste domingo, 3, dados sobre o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. Dos 5,1 milhões de inscritos no exame deste ano, 3,9 milhões realizaram a prova, o que representa 76,9% de inscritos. 

Durante entrevista coletiva no auditório do Inep após o encerramento das provas, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, disse que o primeiro dia do Enem ocorreu com tranquilidade. Os ausentes representaram 23,1% do total, o que representa 1,2 milhão de pessoas que não fizeram a prova.

A coordenação do Enem em São Marcos informou que os municípios não estão autorizados a divulgarem dados sobre a aplicação do exame. Os dados informados são somente os disponibilizados pelo INEP. Conforme Pâmela Kuczkowski, coordenadora do local de prova em São Marcos, tudo transcorreu na mais perfeita ordem, sem intercorrência e de forma exemplar.

Sobre o tema da redação: “Democratização do acesso ao cinema no Brasil”, Pâmela acrescenta “Acho que o tema foi uma feliz escolha, bem abordado e percebemos que os participantes aproveitaram bem o tempo de redação, sentimos que estavam preparados e certamente bons textos podem ser esperados”, diz a coordenadora.

Os estudantes poderiam abordar tanto o acesso a produção do cinema quanto ao produto em si. Além da redação, neste domingo (3) os candidatos ainda precisaram responder 90 questões sobre linguagens e ciências humanas e suas tecnologias.

Para garantir maior segurança, a edição 2019 do Enem trouxe uma novidade. O participante que levar aparelho eletrônico, como celular ou relógio, e este tocar durante a prova será eliminado na hora. Isso vale para ligações telefônicas e alarmes, por exemplo, mesmo que estiver lacrado.

Com a nota obtida no Enem, os estudantes poderão cursar a graduação em universidades públicas e privadas. É possível também conseguir financiamento estudantil e participar de programas como Sisu e o Prouni. Quem tem o sonho de estudar fora do Brasil, pode ainda usar a nota para ingressar em cursos de 42 instituições de Portugal, pelo Enem Portugal.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here