Empresário Nelson Sbabo será cremado nesta sexta-feira em Caxias do Sul

0
629
Foto: divulgação

Aos 83 anos, líder e empresário morreu na noite desta quinta-feira (06). CIC São Marcos emitiu nota de pesar em página na internet

Desde cedo a região se despedem do empresário Nelson Fábio Sbabo, que estava internado no Hospital Unimed para o tratamento de um linfoma. O velório está sendo realizado na Capela A do Memorial São José e o cerimonial de despedida está marcado para às 18h no Memorial Crematório São José.

Defensor e entusiasta do desenvolvimento da infraestrutura da região. Sbabo iniciou, na década de 1970, um movimento de reivindicação para a construção da Rota do Sol e ficou conhecido por essa mobilização, que foi concluída com a finalização da rodovia em 2007. Outra reivindicação do empresário era a construção do aeroporto de Vila Oliva.

Sbabo foi presidente da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços de Caxias do Sul (CIC), entre os anos de 2016 e 2017. Também foi vice-presidente da Fundação Universidade de Caxias do Sul (Fucs) e exerceu mandato de vereador em Caxias do Sul de 1972 até 1976.

Nelson Sbabo deixa a esposa, dona Jandyra, cinco filhos e cinco netos. 

A CIC São Marcos, através de seu Presidente, Dorival Perozzo, emitiu nota de pesar através das redes sociais, lamentando a perda de Nelson Sbabo. Confira na íntegra.

Conheça a trajetória de Nelson Sbabo:

Nelson Sbabo nasceu em março de 1936, em Galópolis, Caxias do Sul. Desde 1945, Sbabo iniciou sua trajetória como entregador no Armazém do Sr. Bacchi e seguiu sua carreira ocupando cargos de gerente, contador e, em 1960, sócio da empresa que se tornaria a Formolo Materiais de Construção.

Exerceu o mandato de vereador no município de 1972 até 1976. Em 1984, formou-se bacharel em Direito.

Foi fundador e presidente da Associação dos Comerciantes de Materiais para Construção de Caxias do Sul (Acomac), de 1988 a 1989, e primeiro vice-presidente da Federação das Acomacs do Rio Grande do Sul. Foi diretor-tesoureiro do Sindimadeira, onde foi membro do conselho consultivo da entidade. Também foi presidente do Círculo Operário Caxiense.

Em 1972, deu início ao seu trabalho de pressão junto ao governo do estado pela conclusão da RST-453, a Rota do Sol. Participou como membro da CIC desde 1974, ocupando o cargo de conselheiro e sócio honorário da entidade. Posteriormente, foi diretor de Infraestrutura e coordenador da Comissão Pró-conclusão da Rota do Sol, trabalho que teve início em 1972 e se estendeu até a sua conclusão, em 20 de dezembro de 2007, totalizando uma luta de 35 anos.

Foi vice-presidente de Comércio da CIC na gestão 2008-2011 e coordenador da Diretoria de Infraestrutura e Política Urbana da entidade nas gestões 2012/2013 e 2014/2015. Assumiu a presidência do Conselho Executivo da CIC para a gestão 2016/2017. Também ocupou o cargo de diretor de Política Urbana e Infraestrutura da CIC. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here