Em uma hora choveu cerca de 80 milímetros em São Marcos

0
1893
Foto: Marcos Eduardo - SMO

Laje desabou e casa foi interditada no São José. Chuva forte causou pelo menos três pontos de alagamento pela cidade

A forte chuva que caiu sobre São Marcos no começo da tarde desta segunda-feira, dia 18, evidenciou novamente as deficiências no sistema de drenagem em algumas áreas da cidade. Conforme dados do escritório da Emater em São Marcos, que possui pluviômetro, foram registrados mais de 80 milímetros cúbicos de água em cerca de uma hora de chuva.

Ainda conforme a Emater, não foram registrados danos graves à agricultura ou no interior do município, a não ser pelas estradas que em alguns pontos foram afetadas. Já no centro e bairros a enxurrada deixou moradores em alerta novamente.

Foto: Marcos Eduardo – SMO

Conforme a Defesa Civil não houveram registros de casas alagadas ou pontos de risco. Mas bombeiros interditaram uma residência na Rua das Macieiras, bairro São José, após queda de uma laje de concreto que servia de garagem. O espaço fica em frente a uma casa desabitada. Os acessos à moradia foram isolados, mas conforme os bombeiros a casa não corre risco de desabamento.

No centro, em parte da Avenida Venâncio Aires, bueiros não deram conta alagando pontos desde a esquina com a Rua Luiz Trevisan até a Domingos Garbin, mas o local onde a concentração de água foi maior fica no cruzamento com a Augusto Catafesta. O Arroio Gravatá transbordou novamente alagando grande parte das ruas. Desta vez a água não chegou a entrar nas casas e estabelecimentos.

O mesmo arroio, que corta a cidade, transbordou novamente em outro ponto crítico no bairro Industrial, no acesso ao loteamento Progresso entre as empresas Bepo e Bontempo. O nível da água subiu alagando grande parte do trecho. O problema dos alagamentos nestes dois gargalos do arroio são recorrentes em épocas de chuvas fortes e já causaram danos a moradores invadindo residências.

Algumas medidas foram tomadas pela administração pública, como limpeza e ampliação do leito do rio, mas há pontos de obstrução que demandam maior efetividade nas ações.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here