Detran-RS muda forma de entrega de documento de veículos

0
1838
Foto: Divulgação DetranRS

CRLV eletrônico, em muitos casos uma ótima opção para ser utilizada enquanto se aguarda a chegada do documento em papel

Os motoristas gaúchos que pagaram o IPVA 2020 a vista estão sendo surpreendidos na hora de receber o novo documento do veículo. Isso poque o Detran RS mudou a forma de entrega dos documento e ao contrário do que ocorria anteriormente o envelope com documento atualizado não é mais despachado como carta registrada, modalidade que permite o rastreio.

Desde a metade de dezembro de 2019 o envelope tem sido entregue como correspondência simples, o que permite que o carteiro faça a entrega diretamente na caixa de correio, sem que alguém precise assinar para comprovar o recebimento.

Nos casos em que o destinatário é morador de zona rural ou mesmo urbana que não conta com entrega domiciliar, ele deve dirigir-se ao posto de Correios de sua região para a retirada do documento, tal como faz normalmente para o restante de sua correspondência. O documento será armazenado ali por 20 dias.

Após pagar o licenciamento, que inclui o IPVA, taxa de expedição e eventuais multas vencidas, o proprietário do veículo pode acompanhar o prazo de entrega do documento na Central de Serviços do DetranRS. Lá consta a data da emissão e o intervalo com a previsão de entrega (cerca de 15 dias). Passado esse período, se o proprietário não recebeu o documento, pode notificar problemas na entrega direto na Central e receberá um novo documento. Passado esse período, se o proprietário não recebeu o documento, pode notificar problemas na entrega direto na Central em um prazo de 15 dias após a previsão da entrega.

Documentos eletrônicos

Ao mesmo tempo, expande-se rapidamente o uso do CRLV-e, a versão eletrônica do documento do veículo, que tem a mesma validade do físico. Cerca de um mês após seu lançamento, mais de 50 mil gaúchos já haviam adotado essa forma simples e segura de estar com o licenciamento sempre à mão, no celular ou tablet. Para quem já tem a CNH digital baixada em seu celular, basta acessar o aplicativo, e o licenciamento do veículo estará disponível. Quando forem pagas as taxas do novo licenciamento, o CRLV será atualizado no aplicativo, antes mesmo da entrega do documento em papel. Quem ainda não tem CNH digital, mas conta com uma carteira de habilitação que dispõe de QR Code, pode baixar o aplicativo CDT – Carteira Digital de Trânsito gratuitamente, a partir da loja de aplicativos do smartphone, para contar com CNH e CRLV eletrônicos, na palma da mão.

Atenção à validade do CRLV de acordo com a placa

Independentemente da data de chegada do novo documento físico, vale lembrar que o licenciamento do ano anterior segue válido ainda por um prazo que varia de acordo com o final da placa (veja aqui o calendário de licenciamento). É aí que entra o CRLV eletrônico, em muitos casos uma ótima opção para ser utilizada enquanto se aguarda a chegada do documento em papel.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here