Contemplar a natureza é um luxo

0
191
Crédito da foto: Gilberto Blume

Não é novidade: qualquer período do ano é importante para cuidar do jardim, das floreiras, canteiros, hortas. Esses cuidados, inclusive, devem ser constantes, sem interrupções. A Primavera, contudo, é especialmente adequada, pois é nessa estação que grande parte das plantas desperta após a hibernação do Inverno.

É na Primavera que as plantas brotam, lançam flores, se exibem vistosas, em evidente preparativo para o Verão e o Outono. A estação se mostra ideal para o plantio e a semeadura, para a divisão de mudas. Se no Inverno as plantas devem ser podadas e o solo limpo e adubado, a Primavera se presta à remoção do excesso de inço, a podas de condução dos ramos, à atração de polinizadores e à contemplação.

Sim, contemplação.

Jardins e hortas não existem unicamente para nos dar trabalho, flores e frutos. É vital nos proporcionarmos o prazer de parar tudo e curtir as belezas e delícias que desabrocham a nossa volta. Tenha certeza, alguns momentos de pura contemplação vão revelar aspectos que sequer imaginávamos existir.

Insetos como borboletas e abelhas e aves como beija-flores integram jardins e hortas, uns não sobrevivem sem os outros – por isso a Primavera é tão especial, é quando todos esses elementos afloram e trazem vida ao ambiente.

Por tudo isso, a dica é dar-se momentos de contemplação. Na praça, em casa, na horta, não importa, exercite sua capacidade de observar as diferentes nuances do verde, as formas e texturas das plantas, as cores e detalhes das flores, os bichinhos que habitam esses universos, o desenvolvimento das espécies.

Nesses tempos tão duros em tantos aspectos, entregar-se à natureza, sem culpas, e com a permissão do exagero, pode equivaler a algumas sessões de terapia ou a alguns remédios consumidos no modo automático.

Ao entregar-se à contemplação você:

– Verá seres jamais vistos no apressado dia-a-dia (joaninhas, abelhas, minhocas, borboletas, mariposas, lagartas, pulgões etc)

– Conhecerá a complexidade do desenho e da forma das flores

– Verificará os variados tons que uma mesma cor adquire numa florada

– Conhecerá as sutilezas das formas das folhas, galhos, espinhos

– Aprenderá a distinguir flores que atraem beija-flores e as diversas espécies de abelhas

– Acompanhará o desenvolvimento das plantas

– Constatará que o mundo não acabou enquanto você dava um tempo e contemplava a natureza

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here