Comando Rodoviário alerta para fluxo intenso de veículos no feriado de Natal

0
562
Foto: CRBM - divulgação

Inicia na sexta-feira (21/12), pelo Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), a Operação do Feriado de Natal no Litoral Sul e Norte, a ação vai até o dia 26 de dezembro.

Participam da operação mais de 200 policiais rodoviários que estão distribuídos entre o litoral gaúcho. O objetivo é uma fiscalização reforçada nas rodovias estaduais, mas principalmente nas estradas que levam ao Litoral, com ações direcionadas à segurança dos condutores e passageiros em seus deslocamentos para as festividades do Natal.

Para todo o feriadão é previsto que cerca de 267 mil veículos ingressem no Litoral Norte. E que retornem para suas residências cerca de 173 mil. No Litoral Sul a previsão é de que 186 mil carros entrem na região e saiam 146 mil no dia 26 de dezembro.

Quem for pegar a estrada entre a sexta-feira (21) e sábado (22) deve ficar atento ao grande volume de veículos que se deslocará para o Litoral gaúcho e as praias catarinenses. A estimativa é de que boa parte dos veranistas viaje ainda na sexta-feira para aproveitar o feriadão. A Brigada Militar também atuará com barreiras policiais em pontos específicos a fim de prevenir acidentes e combater criminalidade.

Previsão de fluxo de veículos para o feriado de Natal nas Rodovias Estaduais de acesso ao Litoral Norte:

Natal – 21 a 26 de dezembro/2018:

  • Chegada no dia 21/12 – cerca de 70 mil veículos
  • Saída no dia 26/12 – cerca de 75 mil veículos

Sugestão de melhores horários para pegar a estrada:

  • Na sexta-feira (21) até às 14h;
  • No sábado (22) após as 18h;
  • No domingo (23) baixo fluxo de veículos;
  • Na segunda-feira (24) até às 14h.

O retorno também deve ser de movimento acentuado nas rodovias estaduais. Os melhores horários para viajar de volta à Capital, região Metropolitana e Serra:

  • Na terça-feira (25) até às 14h;
  • Na quarta-feira (26) a partir das 18h.

Fonte: Comando Rodoviário da Brigada Militar

Deixe uma resposta

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui