Asfalto no interior: 8 comunidades serão diretamente beneficiadas

Em 6 delas o asfalto irá chegar até às capelas. Demais comunidades serão impactadas indiretamente. Ao todo, serão 16,84 km de asfalto financiados pela atual administração. Prefeito Kuwer anunciou trechos para auditório lotado

Na noite desta quarta-feira, dia 31 de julho, a administração municipal divulgou com detalhes os trechos a serem asfaltados através do Finisa – Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento. O Auditório Municipal Joaquim Grizzon ficou completamente lotado, em grande parte por agricultores que esperavam ansiosos pela divulgação.

O prefeito destacou alguns aspectos a serem impactados com a obra, como o turismo e o lazer, favorecendo também o escoamento dos produtos agrícolas, além do melhoramento da infraestrutura de rodagem.

Outro ponto importante, apontado pela atual administração está relacionado à economia com manutenção das estradas do interior.

Das 14 comunidades do interior de São Marcos, 8 serão beneficiadas com a obra que irá totalizar 16,84 km de asfalto, ao custo estimado de R$ 10.777.600,00.

Na comunidade de Riachuelo o asfalto não chegará na capela, mas o local será contemplado com 1,3 km partido da BR-116. Na Linha Marechal Deodoro também não irá até a capela mas será beneficiada com o asfalto da Zambicari, assim como Stº Antônio dos Polidoros e Zamoner, que serão impactadas pelo asfalto de Stº Henrique.

Ao todo, São Marcos possui 14 comunidades no interior.

Quase R$ 10 milhões virão do Finisa e o Município terá 10 anos para quitar a dívida

No dia 3 de julho, o prefeito Evandro Kuwer esteve na Caixa Econômica Federal em Caxias do Sul, para assinar o contrato de financiamento que irá resultar em estradas asfaltadas no interior do município.

O valor total do contrato é de é de R$ 9.750.000,00 (nove milhões e 750 mil reais) e o Município terá 10 anos para pagar a dívida, com 2 anos de carências e prestações entre R$ 120 e R$ 130 mil.