A Inovação na Sala de Aula

0
465

O professor é cobrado constantemente sobre a necessidade de inovar

Quando o assunto é educação, muito se fala de inovação na sala de aula. Os valores da sala de aula são definidos a partir deste termo. O professor é cobrado constantemente sobre a necessidade de inovar. Estes, por sua vez, se autodenominam “profissionais inovadores”. Os alunos gostam de inovação e esperam por isso, os familiares amam quando surge algo novo na escola e buscam, de fato, um ambiente inovador para seus filhos.

Não basta, porém, ser uma pessoa criativa para inovar na sala de aula. O docente, antes de tudo, deve analisar alguns aspectos chave, cuja ponderação é necessária para uma inovação bem sucedida. Toda atividade implica planejamento e execução, e o professor, na sala de aula, precisa pensar estrategicamente, deve analisar fatores diversos, afim de traçar os melhores caminhos para atingir os objetivos de aprendizagens propostos.

Para inovar, devem ser considerados, a priori, as necessidades e possibilidades dos estudantes, os recursos do professor, a infra estrutura da instituição de ensino, o conteúdo a ser desenvolvido e os objetivos de aprendizagem.

Mas, para que a inovação aconteça de fato em sala de aula é preciso lembrar, antes de mais nada, que ainda que “ser professor” seja uma atividade complexa, não se pode desconsiderar o fato de que este é um profissional e necessita de um ambiente acolhedor, com uma infra estrutura mínima para que seu trabalho seja exercido com qualidade e também precisa estar motivado para tal, através da valorização profissional.

Precisa-se pensar também, que a escola não é um lugar onde somente o conteúdo importa, por trás de papéis previamente definidos, há seres humanos, todos com suas demandas individuais e questões a serem resolvidas. Muitas vezes, não é possível ignorar o que se passou fora do ambiente escolar e entrar na sala de aula esperando achar um grupo pronto a ouvir e entender integralmente todo o conteúdo programado.

É na escola que se aprendem lições para a vida inteira, pois a escola tem importante papel na formação social dos estudantes.

A escola não substitui toda a demanda afetiva dos estudantes, mesmo possibilitando a formação de amizades e papéis relevantes, a escola não supre todas as necessidades sentimentais dos estudantes. Assim, o papel da família e do acolhimento doméstico é insubstituível.

Diante disso, percebe-se que inovar na sala de aula, não é trocar o caderno pelo celular, tampouco à substituição da lousa verde pela interativa e sim deve haver uma mudança de olhar. A maior inovação na sala de aula possível, é enxergarmos a nós mesmos, entendermos o nosso papel e buscarmos o mínimo de empatia por seres tão distintos. Então, enfim, perguntarmos a nós mesmos: como trilharei com cada um desses seres humanos as suas jornadas rumo ao que eles sonham alcançar?

Acione Zanardi Fantin

Professora

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here