A importância do lúdico na aprendizagem

0
1848
Nos dias atuais, devido aos grandes avanços tecnológicos, faz-se necessário repensar constantemente o papel da educação, de modo que esta possa suprir as demandas sociais, formando sujeitos críticos e reflexivos no ambiente em que estão inseridos.

Desta forma, estão surgindo muitas alternativas que visam complementar a práxis pedagógica em sala de aula. Estas, por sua vez, têm seu foco no desenvolvimento integral do aluno, isto é, na área cognitiva, afetiva e psicomotora.

É neste contexto que a ludicidade vêm se destacando como um recurso pedagógico muito eficiente no processo de ensino aprendizagem dos discentes na atualidade.

O termo lúdico é oriundo do latim “ludos”, e refere-se à jogos, brincadeiras e divertimento. No entanto, estes passam a ser integrados aos conteúdos programáticos, possibilitando serem trabalhados em todas as modalidades da educação básica.

Os jogos são grandes aliados no processo de aquisição do raciocínio lógico, no estabelecimento de regras, da cooperação, dentre outros. Surge aí a oportunidade de integrá-los aos conteúdos mais complexos da grade curricular, uma vez que estes, além de trabalharem a concentração, também possibilitam a troca de conhecimentos e esclarecimentos de dúvidas, o que, posteriormente, tornam a aprendizagem mais interessante e eficaz.

Sendo assim, as brincadeiras também trazem consigo contribuições significativas para a aquisição e consolidação de novos conhecimentos apresentados aos discentes no âmbito escolar.

As brincadeiras podem ser entendidas como fenômenos culturais, dotados de conhecimentos que foram sendo transmitidos de geração em geração. É através das brincadeiras que o sujeito têm a oportunidade de expressar seus sentimentos, emoções, incertezas, dentre outros.

Desta maneira, ao brincar o aluno torna-se protagonista de suas experiências sociais, organizando melhor suas ações, estabelecendo diálogos e instigando sua criatividade.

Através das brincadeiras surgem situações de aprendizagens que contribuem para o desenvolvimento integral do sujeito. O contato com outros sujeitos possibilita uma socialização mais eficiente e, consequentemente, transmitindo mais segurança nos espaços educativos.

A ludicidade traz uma ideia de que o processo de ensino aprendizagem pode ser muito divertido e mais prazeroso do que se imagina. Daí a importância de trabalha-la desde cedo, para que, ao longo do tempo, o sujeito vá adquirindo gosto pelas atividades educacionais e se reconhecendo como um sujeito ativo deste processo. O aluno apresenta um entusiasmo maior sobre o conteúdo que está sendo trabalhado por haver uma motivação dos mesmos em expressar-se livremente, de agir e interagir em sala de aula.

O lúdico é importante para a melhoria na educação e no andamento das aulas, provocando uma aprendizagem significativa que ocorre gradativamente e inconscientemente de forma natural, tornando-se um grande aliado aos professores na caminhada para bons resultados.

Artigo escrito pelas professoras de educação infantil
Acione Zanardi Fantin
Marieli Miranda

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here