A importância da lágrima

0
257

Se estiver passando por uma situação delicada e sentir vontade de chorar, deixa esse choro vir à tona. Faz bem e não tem problema nenhum nisso

Hoje quero compartilhar contigo uma coisa que eu acho essencial falar às pessoas que estão em sofrimento e que, é extremamente comum elas ouvirem exatamente o oposto. A frase é curtinha, mas pra quem está mal é como se quebrassem algumas correntes que sufocam, que nada mais é do que: “pode chorar”. Sim. Se estiver passando por uma situação delicada e sentir vontade de chorar, deixa esse choro vir à tona. Faz bem e não tem problema nenhum nisso.

Tu já esteve em alguma situação terrível a ponto de chorar e tentou a todo custo bloquear essa necessidade? É terrível. E isso não só a nível emocional, mas chorar quando estamos mal é muito importante para o equilíbrio físico, porque elimina toxinas do corpo, reduz o estresse e a tensão causadas por emoções intensas e promove o relaxamento, isso tudo contribuindo para a saúde mental.

Nosso organismo é tão inteligente, que existem 3 tipos de lágrimas:

1: Aquelas que chamamos de basais, que servem para lubrificar a córnea e hidratar o olho;
2: As chamadas reflexivas que são lágrimas expelidas por um fator externo não emocional e que auxiliam na eliminação de partículas ou vapores irritantes aos nossos olhos (por exemplo, quando a gente corta uma cebola);
3: As emocionais, que eliminam substâncias químicas durante níveis altos de estresse. Esse tipo de lágrima contem substâncias diferentes das outras duas, como endorfina, que auxilia no controle da dor, por exemplo.

Ou seja, se a gente possui um sistema lacrimal que tem um potencial tão grande de nos ajudar não só a nível físico, mas também à nível emocional, porque não tirar proveito dele?

Deixe uma resposta

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui