Criança de 11 meses foi a terceira vitima da doença no estado. Conforme a Secretaria Estadual da Saúde, ela não estava vacinada. Em São Marcos, crianças e doentes crônicos são os grupos que estão com o menor número de vacinados.

A Secretaria Estadual da Saúde (SES) confirmou, nesta segunda-feira (20), mais uma morte por gripe A no Estado. A vítima foi uma criança de 11 meses que morava em Sapiranga, no Vale do Sinos. A criança morreu na última quarta-feira (15), mas a confirmação do óbito por influenza só foi dada para a família na sexta (17). Segundo os pais, a menina não havia sido vacinada pois estava resfriada e tomando antibióticos.

Essa é a terceira morte confirmada por gripe influenza no Rio Grande do Sul, as primeiras sendo de dois idosos, de 71 e 79 anos, respectivamente das cidades de São Gabriel e Barra do Ribeiro. Um deles foi por H1N1 e outro por H3N2.

A campanha de vacinação contra a gripe segue até o dia 31 de maio. Devem se vacinar pessoas que fazem parte do grupo prioritário: crianças (maiores de 6 meses e menores de 6 anos), gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, indígenas, idosos, professores, pessoas privadas de liberdade, funcionários do sistema prisional, doentes crônicos, policiais e militares.

Em São Marcos, conforme dados repassados pela Vigilância em Saúde, até a última semana havia sido vacinado cerca de 60% de todo o grupo prioritário, sendo que crianças e doentes crônicos são os grupos que estão mais abaixo em relação a imunização. A meta de imunização é de 90% do grupo.

“Os grupos com o menor número de vacinados são as crianças e portadores de doenças crônicas. Esses dois grupos, de acordo com dados estatísticos do Ministério da Saúde, possuem grande risco de complicações como bronquite, pneumonias, hospitalizações  e morte. Em São Marcos, no ano de 2018, ocorreram duas mortes de pessoas não vacinadas (uma pessoa idosa e outra com doença crônica)”, destaca Bruna Gonçalves, enfermeira chefe da Vigilância em Saúde em São Marcos.

A campanha de vacinação contra a gripe segue até o dia 31 de maio

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here