CIC 50 Anos: “Fortalecendo empresas, conectando pessoas”

0
89
Imagens de arquivo da entidade.

Entidade empresarial de São Marcos, fundada em 15 de setembro de 1971 comemora cinquentenário. ‘É como uma orquestra, cada um tem sua função e não pode destoar”, diz presidente Dorival Perozzo

A entidade foi fundada em 15 de setembro de 1971, a partir da motivação da comunidade empresarial e Lyons Clube, com o objetivo de servir de modelo e ser um ponto de suporte para novos negócios. Inicialmente constituída como Associação Comercial, Industrial e de Serviços de São Marcos (ACIS), teve sua razão social alterada em agosto de 2011 passando a se denominar Câmara da Indústria, Comércio, Serviços e Agropecuária de São Marcos.

Uma entidade de classe, sem fins lucrativos, que congrega os mais variados segmentos econômicas do município e região. Seu trabalho está pautado em orientar, representar, liderar a busca de soluções e defender os interesses de seus associados. A entidade atua com postura crítica e propositiva buscando estreitar as relações com a comunidade de negócios, antecipando a projeção de cenários político-econômicos aos associados, apoiando e contribuindo com a comunidade, de modo que o empresário tenha o preparo necessário para competir e decidir em momento cada vez mais desafiante.

“Nesse momento é até difícil da gente externar as emoções, aquele sentimento que nos acomete quando a gente olha pra trás e vê uma entidade que lá no passado começou pequenininha, sonho de um grupo de empresários, mas que com o passar do tempo, com esforço e dedicação, trabalho o empenho de tantos empresários que por ela passaram foi crescendo, foi criando estrutura e se estabelecendo na sua função, que é a de apoiar e proteger o seu associado”, disse o atual presidente da entidade em entrevista ao SMO.

Dorival destacou que a CIC São Marcos vai além e cresceu tanto, que não se restringe apenas a sua função estatutária, “ela extrapola”. Ele diz que a CIC trabalha pra comunidade. “Fora da empresa, o empresário, o colaborador faz parte da comunidade, ele vai ao clube, ele vai ao restaurante, ele vai a sua igreja, então a CIC não pode se omitir. Hoje nós fizemos parte de muitos eventos, participamos e nos empenhamos em quase todos os eventos que existem no município. Mas nunca esquecendo qual é o papel principal da que é o nosso associado, é a defesa do empreendedor é da defesa daquele que trabalha, aquele que produz, que gera empregos, gera as rendas e gera produtos, esse essa é a nossa função principal, não podemos esquecer nunca”.

O presidente enfatiza que, além do envolvimento com as questões locais, a CIC tem atuação nas esferas estadual e federal, na defesa dos interesses do seu associado, se referindo a questões tributária, fiscal, administrativa, de infraestrutura e de comunicação, que impactam em toda a população. “Esse é o nosso grande legado e acredito que a gente tem contribuído nesses cinquenta anos para que os objetivos se concretizem, todos tiveram um olhar no futuro, olhando a CIC do amanhã e assim a CIC de hoje adquiriu uma estrutura própria, um conceito, uma seriedade porque ela defende a comunidade, ela defende os seus associados”, relatou apontando para todos que passaram pela entidade nos seus 50 anos.

Para Perozzo, a CIC pode ser comparada a uma grande orquestra, pensando em todas as pessoas que trabalharam e que atualmente trabalham pela entidade. “Eu comparo a CIC a uma grande orquestra, onde cada instrumento, cada músico tem o seu papel fundamental, ele não pode destoar. Assim é um grupo, que é comparado a essa orquestra, cada um tem sua função, seu papel e a sua importância e todos juntos fizemos a CIC de hoje e com certeza estamos pensando na CIC do Futuro”, finalizou Dorival Perozzo, presidente da CIC São Marcos.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here