Em busca de uma Sociedade Sustentável com Estratégias de Sustentabilidade

0
49

…é preciso ter consciência que sustentabilidade não se resume apenas num mero cuidado, significa desenvolvermos realmente mudanças que tenham impacto positivos…

O processo de globalização que vivenciamos trouxe consigo a expansão econômica e a expansão do comercio mundial, os quais evocam a busca incessante e com grande ênfase na produção e no consumo exacerbado de recursos naturais e energéticos. A realidade é que diante de tempos sombrios atuais que se apresentam, onde muitas vezes o que é normal está se distanciando cada vez mais  do que é certo, é preciso e se faz necessário entendermos os caminhos para a sustentabilidade em nosso planeta, para atuar como um fator de solução de problemas.

Mesmo com todo o destaque que o termo sustentabilidade tem ganho nos últimos anos no mundo, é preciso ter consciência que sustentabilidade não se resume apenas num mero cuidado, significa desenvolvermos realmente mudanças que tenham impacto positivos no desenvolvimento sustentável e se perpetuem com uma capacidade de não comprometermos o futuro próximo,  que infelizmente  é visto para as próximas décadas como desfavorável. E neste contexto a interação entre meio ambiente e a prosperidade econômica é o equilíbrio buscado, que deverá se apresentar na forma de uma sociedade sustentável. 

A metamorfose que se almeja visando uma sociedade sustentável apresenta inúmeros desafios, por ser um tema multidisciplinar e requerer mudanças estruturais e soluções práticas numa sociedade com preceitos capitalista que convergem de maneira oposta a sustentabilidade. As estratégias de sustentabilidade são variáveis que podem garantir impactos positivos nesse processo de transformação, auxiliando assim gestores e tomadores de decisões pelo mundo, com a devida transparência nas questões ambientais e sociais e se expondo como vetor de desenvolvimento e conceito de negócio.

Estratégias de sustentabilidade nas organizações exigem uma nova maneira de pensar, adquirir conhecimento e aplica-las por intermédio de inovações, influenciando nos modelos de produção e gerando gradativas e constante melhorias que são refletidas numa sociedade sustentável. Estratégias tiveram seu destaque inicialmente a partir da década de 80 com Ecologia Industrial conceito que sugere que os sistemas industriais devam ser reestruturados a fim de torná-los compatíveis com o funcionamento dos ecossistemas naturais. Na década seguinte foi abordada a Ecoeficiência conceito que visa criar mais bens e serviços, usando menos recursos e criando menos resíduos e poluição. A partir do século XXI o desenvolvimento sustentável teve maior destaque e preocupação, onde estratégia como Simbiose Industrial  surge visando a cooperação e colaboração entre empresas encontrando formas de resíduos de uma atuar como matéria prima de outra. Temos também a estratégia de Ecoeficácia que busca um sistema de produção cíclico, onde os recursos sejam reutilizados indefinidamente e circulem em fluxos seguros e saudáveis. 

Uma estratégia de sustentabilidade é capaz de influenciar sistemas de produção,  gerar melhorias graduais para contribuir para um mundo mais sustentável, ao mesmo tempo que otimiza recursos, gera valor aos negócios e auxiliar na superação de problemáticas como crises econômicas. Em suma a busca é pela  regeneração dos sistemas ecológicos permitindo por consequência a prosperidade econômica de longo prazo. Vale ressaltar que mesmo com complexas adversidades que acometem a humanidade como a própria pandemia de infecções de SARS-CoV-2, nós conseguimos sobressair e buscar um caminho demonstrando nosso poder, e na questão da sustentabilidade não deve ser diferente pois temos mecanismos que podem e devem ser implantados basta nos focarmos para florescer pensamentos altruísta  e o coletivo se sobrepor ao egoísmo que visa somente o capital.

Rosberguer de Almeida Camargo é Técnico em Biocombustíveis pelo Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFSUL), Engenheiro de Petróleo pela
Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Engenheiro de
Segurança do Trabalho pela Universidade Candido Mendes, Mestre em Ciência e Engenharia de Materiais pela UFPel. Doutorando em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here