Duas das três vitimas do acidente de ontem tiveram alta hospitalar esta tarde

0
7661
Arquivo pessoal

O motorista Deivid André Ribeiro e o coletor senegalês Modou Dia Mbaye estavam internados em São Marcos. Já o coletor Cristian Pereira da Silva segue em hospital de Caxias mas se recupera bem de cirurgia. Confira detalhes na reportagem

Ao final de um resgate que durou quase 10 horas e envolveu equipes de profissionais de São Marcos e Flores da Cunha, além de voluntários, os três trabalhadores que ocupavam a cabine do caminhão que caiu em um penhasco ontem pela manhã foram retirados com vida.

O São Marcos Online acompanhou o trabalho do resgate e o drama das famílias na Estrada 500 – em Santo Henrique, interior de São Marcos. Após a queda em uma ribanceira de mais de 100m abaixo do nível da estrada, o motorista do caminhão Deivid André Ribeiro, de 33 anos, que apresentava um corte no braço, reuniu suas forças para subir de volta à estrada e pedir ajuda para salvar os amigos. Era praticamente impossível ver o caminhão da estrada. Dos três, ele é o funcionário mais recente da empresa, contratado há cerca de 30 dias.

A segunda vitima a sair da ribanceira foi Cristian Pereira da Silva, 24 anos, que teve fraturas na região do pescoço, cabeça e tórax. A equipe dos bombeiros imobilizou o homem no local onde o caminhão parou e subiu o barranco com uma maca após 5 horas de um trabalho incansável. Cristian foi encaminhado para hospital de Caxias do Sul onde passou por cirurgia e se recupera bem, conforme a família. Cristian está na empresa há 1 ano e 8 meses.

O último a sair do local foi o senegalês Modou Dia Mbaye, de 36 anos, sob o olhar apreensivo dos amigos e conterrâneos que fizeram questão de acompanhar todo o resgate. Modou saiu do local por volta das 17h30, bastante debilitado porém, sem lesões aparentes. Ele foi encontrado distante de onde estava o caminhão. Modou é funcionário da empresa desde 2017 e veio de outra cidade para trabalhar em São Marcos.

A empresa Eco Verde, que é terceirizada pela prefeitura de São Marcos e realiza a coleta de resíduos na cidade enaltece o trabalho da equipe e destaca o comprometimento e a responsabilidade dos três em serviço, conforme Keli Cristina Decosta
coordenadora administrativa da empresa.

O resgate contou com atuação dos soldados do Corpo de Bombeiros de São Marcos e Flores da Cunha, além de Samu e Secretaria da Saúde e muitos voluntários. A operação teve início por volta das 9h30 durando até o início da noite desta quarta-feira (17). Muitos populares e profissionais do resgate e saúde, bem como servidores públicos e civis que estavam no local ajudaram.

O acidente aconteceu em um trecho crítico da Estrada 500, que liga os municípios vizinhos pela comunidade de Santo Henrique. Há um desfiladeiro com pelo menos 150 metros de altura desde a estrada até a base de um vale. O caminhão parou cerca de 120 metros da estrada com os ocupantes dentro.

O gerente comercial da empresa e uma empresa de guinchos estiveram na cidade hoje para avaliar a possibilidade de retirada do caminhão do desfiladeiro, mas ainda não se tem um plano definido, diante da dificuldade imposta pelo local.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here