Após ser preso, Leandro Hoffmann indicou a localização do corpo de Kauana

1
9274
A jovem ficou desaparecida por quase uma semana, submersa em córrego. Imagem: arquivo pessoal

Além do assassinato da jovem ele é acusado de matar Irene da Fonseca e atear fogo na residência da família

A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (30) o homem acusado do assassinato de Irene da Fonseca; 67 anos na última sexta-feira (26). Na ocasião ele atirou na idosa, ateou fogo na residência em que a vítima estava com os netos e sumiu com Kauana Santos; 16 anos. Conforme apurado pelo São Marcos Online, a jovem teria sido arrastada para o mato e alvejada com disparo de arma de fogo, em seguida foi jogada em um córrego perto da propriedade e teve pedras colocadas sobre o corpo, impedindo-o de boiar e dificultando a localização.

Hoffmann foi ouvido e as equipes seguiram para o interior onde ele indicou a localização do corpo de Kauana. Em seguida as viaturas seguiram para Caxias do Sul para registro da ocorrência, já que São Marcos não possui plantão. A motivação ainda não foi esclarecida.

Em breve mais informações.

1 COMMENT

  1. Meu deus quanta covardia existe neste mundo….Que deus conforte o coração da familia e os amigos….😥😥😥

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here