Após queda de árvores, trânsito foi liberado em Campestre da Serra

0
1672
Imagens: PRF/divulgação

Temporal que atingiu região contabiliza estragos. Em São Marcos foram registrados alguns pontos de alagamentos e queda de árvore

As fortes chuvas acompanhadas de rajadas de ventos que ocorreram na Serra, princialmente pela parte da manhã desta terça-feira, dia 30 de junho, já contabilizam inúmeros estragos em algumas cidades.

Há pouco, o trânsito no km 70 da BR 116 em Campestre da Serra e que estava totalmente obstruída foi liberado pela PRF com auxílio de maquinário da prefeitura daquela cidade. Equipe do Dnit também esteve no local e agora seguem em averiguação de nova queda de árvore no km 42, em Vacaria, aonde também foram registrados destelhamentos.

Em São Marcos não foram registradas ocorrência relevantes, conforme apurado pela reportagem junto ao corpo de bombeiros. Apenas uma queda de árvore no bairro São José, sem grande impactos. Alguns pontos ficaram alagados na área urbana e também no interior, devido ao volume de água não suportados pelos bueiros.

Na extensão do Arroio Gravatá, onde haveria riscos maiores de alagamentos, não foram registrados danos. Recentemente a prefeitura realizou diversas obras de drenagem.

Caxias do Sul registrou deslisamentos e pontos de alagamentos em ruas, concentrando maiores danos. A Defesa Civil chegou inclusive a emitir alerta no município.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here