Ignorando as recomendações de distanciamento, são-marquenses se reúnem no interior aos fins de semana

0
4402

Domingo de sol levou dezenas de pessoas à Linha Tuiuti. Fiscalização esteve no local para monitoramento

Apesar das recomendações de distanciamento social e das mais de 50 mil mortes em todo o País a pandemia parece não estar sendo levada a sério por parte da população, inclusive em São Marcos. Na tarde deste domingo dezenas de pessoas desrespeitaram as recomendações de distanciamento, uso de máscara e evitar aglomerações e aproveitaram o dia para se reunirem, especialmente na Linha Tuiuti.

O local é bem arborizado e por ser asfaltado e de fácil acesso por ser próximo do centro, permite atividades ao ar livre como andar de bicicleta, skate e patins, atraindo famílias durante todo o ano. Neste fim de semana não foi diferente, o local estava repleto de carros e grande número de pessoas aproveitavam o domingo ensolarado na companhia do amigos, ignorando as determinações de distanciamento.

O São Marcos Online fez contato com a prefeitura na manhã desa segunda-feira (22) para saber sobre ações de fiscalização e foi informada de que durante a última semana a equipe recebeu denúncias de que aos finais de semana há concentração de pessoas no local. Durante o domingo a fiscalização esteve na Tuiuti para monitoramento.

Conforme a assessoria de imprensa, no sábado as ações se concentraram na área central da cidade tanto na rua quanto em estabelecimentos comerciais com fiscalização a cerca do uso de máscaras e álcool gel, além de orientações sobre aglomerações.

No domingo a fiscalização concentrou o monitoramento em pontos conhecidos por aglomeração no centro e também na Linha Tuiuti, onde, durante a semana, munícipes já haviam alertado sobre grande fluxo de pessoas no local.

O uso de máscaras é a melhor opção para se proteger do Covid-19, além do distanciamento social. Desde 4 de maio o uso da proteção facial é obrigatório em São Marcos,caso alguém seja encontrado sem o acessório será aplicada multa no valor de R$ 100. A fiscalização foi intensificada desde a última semana, contando com o apoio da Brigada Militar

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here