Brigada Militar interrompeu ação de caçadores que invadiram propriedade rural em Campestre

0
4375

Foi apreendido um animal silvestre abatido (tatu) e uma ferramenta utilizada para caça, além de um cachorro abandonado pelos caçadores

Na quinta-feira (18) e na sexta-feira (19) a Brigada Militar de Campestre realizou patrulhamento nas áreas rurais do município. Na ocasião foram intensificadas as ações de fiscalização nas localidades das capelas de Vila Victor Pagno, Capela São Paulo, Capela da Glória, Guacho, Capela São Bernardo e Estrada de acesso a Ipê esta tendo toda sua extensão, Capela do Tronco, Capela São Roque, Capela São Manoel, Capela das Graças, além da Estrada Velha do Prado e arredores.

O principal objetivo é atender aos anseios dessas comunidades com o foco principal de coibir a prática de crimes, principalmente àqueles referentes à caça ilegal, furto/roubo em propriedades rurais, porte ilegal de arma, tráfico de drogas e furto abigeato, além de outros delitos.

A operação contou com barreiras em locais estratégicos a fim de identificar possíveis criminosos que possam vir a cometer crimes na área rural, além de coletar informações com moradores locais aproximando assim a Polícia Militar da comunidade, trazendo com isso uma maior sensação de segurança aos moradores destas áreas.

Foram fiscalizadas nos dois dias 25 veículos e identificadas 32 pessoas e visitadas em torno de 06 propriedades. Participaram das ações um total de 07 Policiais Militares integrantes dos municípios de Campestre da Serra e Monte Alegre dos Campos.

Durante a ação houve o registro de um boletim de ocorrência contra caçadores que inclusive abandonaram um cão em uma propriedade. Foi apreendido também um animal silvestre abatido (tatu) e uma ferramenta utilizada para caça, na Capela das Graças. Foi confeccionado um Termo Circunstanciado para o autor conforme Lei 9.605/98, o qual se comprometeu a comparecer no Jecrim de Vacaria, sendo liberado.

O animal abatido foi entregue para a PATRAN de Vacaria. A Brigada Militar orienta aos caçadores legais que façam uso das documentações sendo que para a atividade de caça a documentação necessária para o deslocamento é *CR* (Certificado de Registro), *CRAF* (Certificado e Registro de Arma de Fogo) e *GT* (Guia de Tráfego), *NO LOCAL DE CAÇA* é necessário a apresentação do *CR do IBAMA*, dentro do prazo de validade.

É necessária também a autorização por escrito do proprietário do local onde está sendo realizada a caça. A Brigada Militar prosseguirá as ações nos município.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here