Excesso de velocidade foi a principal causa de acidentes em São Marcos durante final de semana

0
2312
Dois dos três acidente aconteceram no principal trevos da cidade. Em sentidos opostos.

Três colisões foram registrados no mesmo trecho da BR 116. Desde o final do ano que as lombadas eletrônicas foram retiradas do local. PRF associa os casos a excesso de velocidade.

Desde o final de 2018 que os controladores de velocidade instalados entre os quilômetros 113 e 116 da BR-116, em São Marcos, estão desativados.

Só no último final de semana três colisões foram registradas pela Polícia Rodoviária Federal, todos no km 114, dois deles no principal trevo de acesso à cidade, todos resultaram em feridos sem gravidade.

No primeiro caso, ocorrido na madrugada de sábado (12), um Celta conduzido por um menor acabou colidindo em uma árvore, sentido bairro Michelon. No mesmo dia, por volta de 20h, um camionete SW4 atingiu violentamente um Gol que ingressava na rodovia. Já no domingo, no mesmo trevo, por volta das 22h30 outra colisão envolveu um Fusion e um Gol. Nos três casos os condutores sofreram ferimentos superficiais.

Ainda que não tenha sido feito nenhuma perícia oficial dos acidentes mencionados, a PRF relaciona sim os sinistros ocorridos recentemente no perímetro urbano de São Marcos a ausência das barreiras eletrônicas.

Em nota, a PRF aponta o excesso de velocidade com uma das principais causas de acidente:

Excesso de velocidade é um dos maiores problemas enfrentados no trânsito brasileiro, diretamente relacionado a inúmeros acidentes.

Lembramos também que na maioria dos casos, o acidente não tem apenas um fator motivador, mas vários que concorrem entre si, como falta de atenção na condução, desobediência das regras de trânsito, ingestão de álcool e etc.

Lembramos que a modernização dos controladores de velocidade é de responsabilidade do DNIT, ocorrendo conforme contrato licitatório, e a PRF é extremamente favorável à breve manutenção dos mesmos para uma maior segurança da população de São Marcos.

Mateus de Paula
Comunicação Social – SPRFRS Caxias do Sul

Reinstalação deverá demorar

Conforme o Analista de Infraestrutura de Transporte do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT), o engenheiro civil Daniel Bencke, em entrevista à Rádio Diplomata, os controladores estão sendo substituídos por aparelhos mais modernos.

“Como são duas empresas diferentes (a antiga e a atual), pode ser que haja uma demora entre a desativação e a instalação do novo aparelho” informou o engenheiro de tráfego.

O perímetro urbano de São Marcos possui seis controladores de velocidade situados em frente ao Posto Nova Era, no trevo de acesso à cidade pela Rua Padre Feijó, no trevo de acesso à cidade pela Avenida Venâncio Aires e nas proximidades da empresa Bepo.

Há outro ponto no Distrito de Pedras Brancas, além de dois pontos no município de Campestre da Serra, todos desativados.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here