MP de São Marcos denuncia 16 integrantes de facção criminosa

0
4814
Em outubro foram cumpridos mandados em São Marcos. Foto: Polícia Civil: divulgação.

Assinada nesta terça-feira (20) pelo promotor de Justiça Evandro Lobato Kaltbach, denúncia desarticula facção “Manos da Serra”. Em outubro, operação cumpriu mandados e prendeu 12 dos 16 elementos no município. Outros 4 elementos já estavam presos.

Presente em vários municípios da região, os “Manos da Serra” atuam também em São Marcos, aonde em 11 de outubro deste ano foram cumpridos 12 mandados de prisão preventiva e 12 mandados de busca e apreensão. Uma das ordens judiciais foi determinada em Vacaria. Além dos 12 presos na operação, quatro pessoas já estavam recolhidas no sistema prisional e foram apenas notificadas.

Após meses de investigação da Polícia Civil e ações conjuntas entre as policias da Serra, a Justiça conseguiu desarticular parte da facção. Nesta terça (20), a Promotoria de Justiça de São Marcos ofereceu denúncia pela prática dos crimes de organização criminosa, tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menores.

Foram denunciados Daniel Lopes, Suzete Lopes, Denise Maria Liposki, José Carlos Lopes, Andrei Liposki dos Passos, Dionatan Liposki Lopes, Adriano Chaves Alves, Elisandro dos Santos, Luis Conrado Rodrigues de Lima, João Francisco da Silva, Carlos Henrique Lima de Souza, José Carlos Rodrigues Becom Machado, Douglas Chaves Pereira, Vinícius Reinam da Silva Santana, Samuel dos Passos e Luísa Letícia Leodoro. Luísa é a única dos 16 que não está presa.

De acordo com o Ministério Público, Daniel Lopes era quem chefiava os integrantes de dentro da cadeia, dos quais, maioria são da mesma família.

“Os denunciados promoveram, constituíram, financiaram ou integraram, pessoalmente, a organização criminosa voltada para o tráfico, homicídios, roubos, porte e posse de armas. Os membros da facção tinham em depósito, transportavam e guardavam diversas drogas ilícitas, entre elas maconha, crack e cocaína”.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here