Bombeiros orientaram mãe que salvou bebê de engasgo

0
9239
Foto: Arquivo Pessoal

O caso foi registrado na tarde desta terça-feira (21) no bairro Henrique Pante. Por telefone, um soldado orientou a mãe, enquanto a guarnição se deslocava para o local. Saiba mais na reportagem e o que fazer quando o bebê se engasga.

Uma ocorrência por volta das 15h30 desta terça-feira, dia 21 de agosto, mobilizou a guarnição de plantão do Corpo de Bombeiros de São Marcos, resultando no salvamento de uma menina de um mês de vida. Quem relata os momentos de pânico é a mãe da pequena Ana Lara, Emanuela Balardin, de 25 anos, e o soldado Fontoura, da corporação local.

“Eu havia dado de mama quando a Ana Lara se engasgou com o leite, ela começou a ficar com a pele roxa e eu me assustei muito, foi horrível” relatou a mãe à reportagem do São Marcos Online horas após o susto. Emanuela estava  em casa, sozinha com a filha na hora do engasgo.

Ela conta que inicialmente fez contato com a avó, por telefone, e só então ligou para o 193, telefone de emergência dos Bombeiros.

A reportagem entrevistou o soldado Fontoura, que atendeu o chamado e passou as orientações para Emanuela, que conseguiu reanimar Ana Lara executando a manobra de heimlich. Nesse intervalo uma guarnição se deslocava para o local.

“Foi emocionante e satisfatório ter atuado nessa ocorrência, inclusive foi a primeira vez que eu fiz esse tipo de orientação, envolvendo um recém nascido” revelou orgulhoso o soldado recém chegado ao quartel de São Marcos.

Fontoura diz que Emanuela estava, obviamente, em pânico e seguindo protocolo de atendimento ele acalmou a mãe e repassou as informações de como proceder com a manobra. “Enquanto meus colegas se dirigiam para a casa da vítima eu orientava a mãe, que teve papel fundamental, logo se acalmou e conseguiu desengasgar a menina seguindo as indicações” destaca o soldado.

Além de Fontoura, participaram desta ocorrência exitosa os soldados Santurion, Grassmann e o servidor municipal Correia, sob o comando do tenente Alexandre Machado. Ao chegar ao local a guarnição fez contato com a mãe e constatou que Ana Lara já estava fora de perigo. Eles destacam que Emanuela agiu de forma correta ligando para a emergência e repassam informações de como proceder quando o bebê engasga.

O bebê pode engasgar ao se alimentar, tomar mamadeira, mamar, ou até mesmo, com a própria saliva. Nesses casos, o que se deve fazer é:

1. Peça ajuda médica

  • Ligar rapidamente para o 192 para chamar uma ambulância ou SAMU ou os bombeiros ligando para 193, ou pedir que alguém ligue;
  • Observar se o bebê consegue respirar sozinho.

Mesmo que o bebê esteja respirando com dificuldade isso é bom sinal, pois as vias aéreas não estão completamente fechadas. Neste caso é normal ele tossir um pouco, deixe-o tossir o quanto for preciso e nunca tente tirar o objeto de sua garganta com as mãos porque ele pode entrar ainda mais profundamente na garganta.

2. Inicie a manobra de heimlich

A manobra de heimlich ajuda a retirar o objeto que está causando o engasgamento. Para fazer essa manobra deve-se:

  1. Deitar a criança sobre o braço com a cabeça um pouco mais baixa que o tronco e observar se existe algum objeto em sua boca que possa ser removido facilmente;
  2. Inclinar o bebê, com a barriga sobre o braço, para que o tronco fique mais baixo que as pernas, e dar 5 palmadas com a base da mão nas costas;
  3. Se ainda assim não for suficiente, deve-se virar a criança de frente, ainda sobre o braço, e efetuar compressões com os dedos médio e anular sobre o tórax, na região entre os mamilos.

Mesmo que com estas manobras tenha conseguido desengasgar o bebê esteja atenta a ele, sempre observando-o. Em caso de alguma dúvida leve-o ao pronto socorro.

.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here