Com regras rígidas e claras, começa hoje a propaganda eleitoral

0
1209

Propaganda em rádio e TV é restrita ao horário eleitoral gratuito, que inicia em 31 de agosto.

A partir desta quinta-feira (16) começa oficialmente a propaganda eleitoral. Pela legislação, as regras são rígidas e claras – exigem menos barulho e obediência a horários e normas. A propaganda eleitoral na internet é permitida desde que não seja paga. Os diretórios partidários deverão instalar nas sedes serviços telefônicos para atender aos eleitores.

Os partidos e as coligações só poderão utilizar alto-falantes ou amplificadores de som, nas suas sedes ou em veículos, das 8h às 22 horas. O horário para o uso de aparelhagem de sonorização fixa é mais flexível das 8h à meia-noite, podendo ser prorrogado por mais duas horas quando se tratar de comício de encerramento de campanha.

Até 6 de outubro, os partidos e coligações poderão distribuir material gráfico, promover  caminhada, carreata, passeata ou utilizar carro de som pelas ruas para  divulgar jingles e mensagens de candidatos.

Um dia antes, em 5 de outubro, será permitida a divulgação paga, na imprensa escrita, e a reprodução, na internet, do jornal impresso, de até dez anúncios de propaganda eleitoral, por veículo, em datas diversas, para cada candidato, no espaço máximo, por edição, de 1/8 (um oitavo) de página de jornal padrão e de 1/4 (um quarto) de página de revista ou tabloide.

Encerrado o prazo para registro das candidaturas, os partidos políticos apresentaram 13 nomes para disputar o Palácio do Planalto, sem surpresas em relação às decisões das convenções nacionais.

Nestas eleições disputam a presidência João Amoêdo (Novo), Henrique Meirelles (MDB) João Goulart Filho (PPL), Luiz Inácio Lula da Silva (PT), José Maria Eymael (DC), Alvaro Dias (Pode), Jair Bolsonaro (PSL), Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB), Marina Silva (Rede), Vera Lúcia (PSTU), Guilherme Boulos (PSOL) e Cabo Daciolo (Patri).

No Rio Grande do Sul, sete candidatos disputarão a eleição para o Governo do Estado. Concorrem Eduardo Leite (PSDB), Jairo Jorge (PDT), José Ivo Sartori (MDB), Julio Flores (PSTU), Mateus Bandeira (Novo), Miguel Rossetto (PT) e Roberto Robaina (Psol).

AGÊNCIA BRASIL

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here