Matheus Chemello terminou o ano em 2º no Ranking Brasileiro de Taekwondo

0
280
Foto: arquivo pessoal

Em 2018 ele foi campeão do Open Sul 2018 (Balneário Camboriú), vice campeão brasileiro (Cuiabá), e vice campeão da Copa do Brasil (Rio de Janeiro). 

Em seu primeiro ano competindo na categoria sub 21, para atletas pesando até 74kg, o taekwondista são-marquenses Matheus Henrique Chemello fechou ao ano de 2018 em 2º lugar no Ranking Nacional da modalidade, repetindo o feito de anos anteriores, quando em categoria inferior também se manteve no topo do ranking, representando tanto a AFA/AMSM de São Marcos quanto a ACTKD/UCS, de Caxias do Sul.

O são-marquense está dos atletas que perderam o Bolsa Atleta, apesar de atingir os critérios com perfeição, após corte do ex-presidente Temer.

Desde 2016 Matheus acumula títulos e vem atingindo os critérios exigidos para receber o benefício do Governo Federal. Para receber o Bolsa Atleta o esportista deve fechar o ano sendo campeão ou vice brasileiro, ou pontuar o suficiente para ficar entre os três primeiros do Ranking Nacional.

Em 2016 o atleta ficou em terceiro no ranking, em 2017 foi campeão brasileiro e ficou em 1º no ranking. As conquistas de Matheus garantiriam o benefício no valor de R$ 925,00 até o ano de 2020, caso não tivesse sido cortado pelo antigo governo, já no final do seu mandato.

Os atletas recebem o repasse referente há dois anos, por exemplo: com os requisitos alcançados em 2016 e recebeu o Bolsa Atleta em 2018 e no corrente ano receberia o valor referente ao ano de 2017. Já em 2020 receberia referente ao ano que passou.

A redução das bolsas é consequência do orçamento menor destinado pelo governo federal para o programa, que se repete desde 2017 afetando diretamente aqueles com menor potencial econômico.

“Para 2019, teremos que reavaliar nossa programação para participação de evento, devido ao corte no Bolsa Atleta. Atletas que teriam direito por mérito acabaram perdendo o benefício, não só o Matheus, mas campeões pan-americanos e brasileiros também foram cortados” lamenta o técnico de Matheus, Giancarlo Chemello.

“2018 foi de ótimo rendimento, considerando ser estreante chegando a todas as finais dos principais eventos do Taekwondo e subindo ao pódio em todas” avalia o técnico, destacando ainda a participação nas etapas do Ranking Olímpico na categoria adulta, disputadas na Argentina e Costa Rica, como ganho em experiência.

“Estou satisfeito com todo o esforço e trabalho duro” resume Matheus dirigindo agradecimentos aos patrocinadores e apoiadores que, segundo ele, foram essências para “este ano incrível”, citando:

  • Andressa Viecelli Rafael Plein – Fisioterapia Esportiva
  • Olímpia Academia
  • Associação dos Motoristas São Marquenses
  • Giancarlo Chemello Treinamento Personalizado
  • Cheila Suliani Erves – Espaço Terapêutico
  • Vagner Meneguzzo Quiropraxista
  • Link Idiomas e Comunicação – São Marcos
  • Mentor Designer Grafico e Web
  • São Marcos Online – Portal de Notícias
  • Globo Indústria de Peças
  • Millennium Next

Deixe uma resposta

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui