Fêmea da raça Labrador foi morta com dois tiros na Linha Tiradentes

0
2846
Estrela tinha 15 anos e levou dois tiros. Foto: arquivo pessoal.

Proprietário encontrou o animal de estimação esta manhã, nas proximidades de casa. “Ela era dócil e idosa, há 15 anos estava em nossa família” relata.

Estrela, como era chamada, foi encontrada na manhã desta sexta-feira dia 11 de janeiro nas proximidades da propriedade da família Bonella, há quem pertencia a o cão da raça Labrador.

Conforme Leandro Bonella o animal ficava solto na propriedade, localizada no interior de São Marcos, na Linha Tiradentes. “Ela ficava solta, mas nunca atacou ninguém, era dócil. Dei falta dela ontem no final o dia quando cheguei do trabalho, sempre estava ali me esperando, num primeiro momento achei que voltaria, mas como não retornou durante a noite, hoje cedo fui procurar e encontrei ela no campo, com dois tiros, já sem vida” relatou o empresário de 53 anos ao São Marcos Online.

Revoltado, Leandro informou que não fez registro do caso na polícia. A família tem outros três cães e Estrela tinha 15 anos, e desde filhote estava com os Bonella.

Matar cachorro – ou qualquer outro animal – é crime, sim. Não importa se o animal é doméstico, domesticado, silvestre, nativo ou exótico.

O que trata disso é o artigo 32 da Lei dos Crimes Ambientais, de 1998. A lei prevê detenção de três meses a um ano, além de multa, para quem “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar” qualquer tipo de animal. Se houver a morte do bichinho, a pena aumenta até um terço.

Deixe uma resposta

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui